PROJETOS DE ESCOLAS 2021

Agrupamento de Escolas José Relvas, Alpiarça

os alunos do 9º ano fizeram um vídeo alusivo à 2ªGM, a partir de uma exposição que foi montada na escola e de excertos de apresentações de trabalhos na sala de aula, na disciplina de SELF. 

Os alunos do 12ºB fizeram um desdobrável/glossário, marcadores, abriram uma conta no Instagram,

 https://www.instagram.com/ajr.holocausto/ leram e debateram "Se isto é um homem", distribuíram os materiais aos colegas. Fizeram ainda um questionário online, usando o Kahoot

 https://create.kahoot.it/details/ec04b6d6-a3e5-4486-b21e-eb6d3d8ee7ec .

unnamed.jpg
Captura de ecrã 2021-01-27 160314.png
Captura de ecrã 2021-01-27 160340.png

Agrupamento de Escolas da Lixa, Felgueiras

Captura de ecrã 2021-01-27 162821.png

Agrupamento de Escolas de Constância

No âmbito do Plano Anual de Atividades, o Grupo de História, do Agrupamento de Escolas de Constância (AEC), prepara-se para relembrar o dia 27 de janeiro – O Dia em Memória das Vítimas do Holocausto Nazi com a realização de uma exposição na Biblioteca Escolar e a apresentação da peça de teatro: “Velas que Nunca se Apagam”. Os alunos do 9.º Ano, do AEC, encontram-se na preparação e realização dos ensaios da referida dramatização (até ao dia de encerramento das escolas), desde o início do ano letivo, depois do tema ter sido trabalhado em Cidadania e Desenvolvimento, com pesquisas e debates.
Ensaios_9A_Peça de teatro.jpg
Ensaios_2.jpg
Captura de ecrã 2021-01-27 163854.png

Escola Secundária Avelar Brotero de Coimbra

Agrupamento de Escolas de Mangualde

Sem título.png
Sem título3.png
Sem título2.png
Sem título1.png

Escola Secundária de Ponte da Barca

Captura de ecrã 2021-01-29 155934.png

Na Escola Secundária de Ponte da Barca evocou-se o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto: Foi prestado um "Tributo a Aristides de Sousa Mendes- Um Justo Entre as Nações".

No link da página da escola poder-se-ão ver algumas das iniciativas.

https://www.avepb.pt/portal/index.php/agrupamento/noticias/noticias-do-agrupamento-2020-2021/125-noticias-gerais-2020-2021/2254-nunca-esquecer-dia-internacional-vitimas-holocausto?fbclid=IwAR1E96PLN6F7-ELnaMbqLKHhJ2OAbvyvjrqGoYlfgChsBgH69kGT_T6YH8k

Agrupamento de Escolas do Paião

Os alunos do Agrupamento de escolas do Paião participaram no projeto # we remember.

cintia rainho.png
unnamed (1).jpg
inês ferreira.jpg
unnamed.jpg

Escola Básica e Secundária de Ibn Mucana, em Alcabideche

A exposição "Nunca esquecer" foi uma atividade desenvolvida pelo Núcleo de Estágio de Espanhol com o apoio do Grupo de História da Escola Básica e Secundária Ibn Mucana. A exposição esteve patente nos dias 4,5 e 6 de maio.

P_20210504_203606.jpg
P_20210504_203615.jpg
P_20210504_203152.jpg
P_20210504_203221.jpg
P_20210504_203235.jpg
P_20210504_203258.jpg

Escola Secundária Jorge Peixinho, Montijo

Captura de Ecrã (33).png

O Grupo de História, o Núcleo de Estágio e o Clube Europeu da ESJP, em parceria com a Memoshoá - Associação Memória e Ensino do Holocausto, dinamizaram a Exposição intitulada "Deportados Portugueses durante a II Guerra Mundial", autoria do projeto N.O.M.E.S, de 3 a 14 de maio, no átrio de entrada da escola. Esta exposição acompanha a evocação dos 76 anos do final da II Guerra Mundial na Europa e do Dia da Europa - 9 de maio.

image0 (10).jpeg

Agrupamento de Escolas Guilherme Correia de Carvalho, em Seia

O Clube Europeu do Agrupamento de Escolas Guilherme Correia de Carvalho, em Seia, desenvolveu uma atividade sobre o Holocausto, sob a coordenação dos professores Paulo Barata Dias e Fátima Silva, durante o mês de maio, em vários espaços da sua escola.

Visita ao Museu Fronteira da Paz, em Vilar Formoso
 

No manual Recomendações para o Ensino e a Aprendizagem sobre o Holocausto, Kathrin Meyer, Secretária Executiva do IHRA (International Holocaust Remembrance Alliance), relembra as palavras de Göran Persson, na abertura do Fórum Internacional Sobre o Holocausto, em Estocolmo, no ano de 2000, “Aconteceu uma vez. Não deveria ter acontecido, mas aconteceu. Não deve acontecer outra vez, mas pode acontecer. É por isso que a Educação sobre o Holocausto é fundamental.”

No dia 22 de junho, os alunos do Clube Europeu, coordenadores e outros professores visitaram o Museu Fronteira da Paz, em Vilar Formoso. Uma vez que se comemora o Ano Europeu do Transporte Ferroviário, a viagem realizou-se em comboio, permitindo, assim, diversas aprendizagens sobre o que apelidamos de “Comboios que salvam”.

Uma das mensagens do Museu Fronteira da Paz é a de que o nosso país soube acolher todos aqueles que, fugindo ao horror da guerra e às perseguições, procuravam a paz e uma oportunidade de começar uma nova vida.

Neste século, ainda jovem, torna-se cada vez mais imperioso que se fale do transporte ferroviário como uma forma de salvar o nosso planeta, dando este exemplo aos nossos alunos de como viajar de forma sustentável.

Foi possível concretizar a visita de estudo ao museu Fronteira da Paz devido à colaboração dos Encarregados de Educação do 8.ºC, que envidaram esforços para termos transporte de Seia até Nelas, tendo contado com a colaboração do Seia Futebol Clube, assim como de elementos do pessoal docente e não docente que compraram as nossas plantas para que o bilhete de comboio fosse mais acessível.

Agradecemos a todos os que colaboraram na logística da exposição “Para Lá das Aparências”, cedida pela MEMOSHOÁ - Associação Memória e Ensino do Holocausto.

Texto da autoria do Clube Europeu do

Agrupamento de Escolas Guilherme Correia de Carvalho, Seia

Clube Europeu foto vídeo.png
Vilar Formoso (1).jpg